Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

"Fiquei rendida às evidências e por esse motivo estou a fazer a formação de forma a poder utilizar na minha prática clínica para que os meus pacientes possam também usufruir de bons e rápidos resultados."

July 24, 2018

 

Psicóloga Clínica e Psicoterapeuta de orientação Dinâmica e Relacional há 20 anos, Susana da Silva é uma das nossas formandas de 2018.
Revela que há cerca de 6 meses introduziu a Psicoterapia Emocional nas suas sessões de Psicoterapia e o resultado tem superado as expectativas!

 

 

 


Susana, o que o trouxe a esta formação? 

 

Houve dois factores determinantes que me trouxe a esta formação: 

Resolvi fazer a formação em Psicoterapia Emocional e Bonding porque experimentei fazer Psicoterapia pessoal nesta vertente Psicoterapêutica e senti resultados a nível pessoal muito bons, num curto espaço de tempo, para além de ter conseguido aceder a emoções profundas que nem sabia que existiam dentro de mim. Fiquei rendida às evidências e por esse motivo estou a fazer a formação de forma a poder utilizar na minha prática clínica para que os meus pacientes possam também usufruir de bons e rápidos resultados.

 

 

Qual o partido que está a retirar do curso?

 

Tiro partido tanto a nível pessoal pq o curso tem uma vertente muito pratica, como na aplicação da Psicoterapia Emocional na minha pratica clínica. Tenho visto pacientes progredirem e melhorarem sintomas psicossomáticos muito rapidamente comparado com a época em que não fazia Psicoterapia Emocional.

 

 

Porque é que acha que ainda poucos terapeutas utilizam esta prática?

 

Penso que infelizmente está ainda pouco divulgada e portanto a maioria dos colegas desconhece a existência desta vertente Psicoterapêutica. Há poucas pessoas com formação na área e talvez algum preconceito pela proximidade física que se tem nesta Psicoterapia. 

 

 

Alguns médicos e terapeutas afirmam que esta terapia desrespeita o código de ética, concorda com a afirmação?

 

Não concordo e não vejo onde pode estar o desrespeito - "as árvores conhecem-se pelos frutos", ou seja, os resultados são muito bons e nunca senti (nem na minha própria psicoterapia) nem na que aplico ao meus pacientes qualquer tipo de falta de respeito ou violação da ética profissional.

 

 

Porque é que acha que esta terapia é diferente de outras?

 

Porque faz uma associação livre de emoções muito mais do que uma associação livre de pensamentos. Com isto conseguidos aceder a emoções há muito "enterradas" o que nos permite libertar feridas e dores emocionais mais rapidamente e que, muitas vezes, desconhecíamos.

 

 

 

 

 

 

Se ficou curioso(a), ainda vai a tempo de experimentar o workshop deste mês. Participe e traga um ou mais amigos, todos terão 30% desconto imediato!

 

Inscreva-se AQUI

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga